Reunião do FAEG-Sul está na programação da 10º Primavera dos Museus em Ilhéus-BA.


Os Agentes, Empreendedores (as), Gestores(as) e Trabalhadores (as) da área de Arte e Cultura do Território Litoral Sul da Bahia tem reunião marcada para o dia 22 de Setembro no, Ilhéus Hotel situado à Rua Eustáquio Bastos 144 – Centro, Ilhéus-BA às 09:30 horas.
O encontro está na programação da 10ª Primavera dos Museus que acontece em Ilhéus entre os dias 19 a 25 de Setembro de 2016 com o tema: Museus, Memórias e Economia da Cultura.
Sob essa perspectiva a pauta desta reunião traz:
Ø  Conversa com Victor Aziz
Tema: Breve histórico FAEG –Sul
Ø  Intervenção artística com Janete Lainha Mulheres em Flores
Ø   Conversa com Pawlo Cidade
Tema: Cultura: um bom negócio
Ø   Conversa com Prof. Dr. André Rosa
Tema: Museus, Memórias e Economia da Cultura no Território Litoral Sul.
O Fórum de Agentes Empreendedores Gestores Culturais do Território Litoral Sul é um espaço público para discussão afirmativa das políticas públicas de Cultura. Aberto a todos os atores culturais do Território, tem no seu cerne um conjunto de instituições culturais públicas e privadas, produtores e grupos culturais independentes voltados às questões específicas de interesse do Setor.
O FAEG-SUL atua a 07 anos com o apoio institucional da Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC através da Pró Reitoria de Extensão – PROEX; Associação dos Municípios da Região Cacaueira da Bahia – AMURC; Pontos de Culturas: Associação Culto Afro Itabunense – ACAI, Libélula Tribo das Meninas, Filarmônica 2 de Janeiro, Sociedade Filarmônica Capitania dos Ilhéos, Literatura de Cordel para Todos; Ilhéus Hotel; Associação Comunidade Tia Marita; Núcleo de Produções Artísticas – NúProArt; Associação Filtro dos Sonhos; Câmara Temática de Cultura do Território Litoral Sul; Centro de Cultura Adonias Filho; Associação Cultural Amigos do Teatro e Rede de Museus e Pontos de Memórias do Litoral Sul.
Serviço: Reunião FAEG – Sul
Quando: 22 de Setembro de 2016 (Quinta-feira)
Município: Ilhéus
Local: Ilhéus Hotel. Rua Eustáquio Bastos 144 – Centro, Ilhéus-BA
Horário: 09:30 horas.

Informações: 73 91228154/ 73 991993398 Email: faegsulba@gmail.com






Texto tema: Museus, Memórias e Economia da Cultura.

Os museus desempenham um importante papel social. O foco tradicional na coleta, preservação e educação tem-se alargado, o que possibilita ressaltar suas potencialidades de interação com a comunidade. Sob essa perspectiva, os museus se tornam espaços de trocas e construções socioculturais, tanto com seus públicos quanto com seu entorno. Em seu relacionamento com os visitantes, as instituições museais realizam trocas simbólicas, culturais, de saberes e de experiências. 

Por meio desse processo dialógico, que também envolve ouvir e entender as necessidades de seus públicos, é possível proporcionar experiências de ressignificação do olhar sobre as questões humanas, capazes de fortalecer a atuação do indivíduo na sociedade e o senso de pertencimento cultural.

Além das parcerias sociais, as trocas também podem estabelecer relações de dimensão econômica. Ao atuar como centro gravitacional de atração de público e da vida ao redor dos espaços de sua localização, os museus tendem a incorporar a prática de ampliação das ações no seu entorno, contribuindo para a dinamização da cadeia produtiva da cultura de modo sustentável.

Os museus possuem um significativo potencial de contribuição para o desenvolvimento sustentável. Suas múltiplas atividades geram trabalho, emprego, renda, estimulam o turismo e incentivam as atividades econômicas do local onde está instalado. Em muitas situações, eles têm integrado projetos de requalificação e revitalização urbana, bem como de fortalecimento comunitário.

Os museus são instituições ativas na circulação de riquezas, sejam elas saberes, bens ou serviços. Suas relações econômicas não existem isoladamente, mas coexistem com outras formas de trocas, uma vez que faz parte da condição humana interagir e compartilhar com o outro. Assim, o tema da 10ª edição da Primavera dos Museus faz um convite à reflexão do papel dos museus nessa perspectiva, ou seja, como agentes fundamentais da economia da cultura.
Instituto Brasileiro de Museus

Referencial Bibliográfico
INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS. Encontros com o futuro: prospecções do campo museal brasileiro no início do
século XXI. Coleção Museus, economia e sustentabilidade. Brasília – DF: Ibram, 2014. Disponível em: http://www.museus.
gov.br/wp-content/uploads/2015/01/EncontrosFuturo_Ibram2014.pdf
INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS. Museus e a dimensão econômica: da cadeia produtiva à gestão sustentável. Coleção
Museus, economia e sustentabilidade. Brasília – DF: Ibram, 2014. Disponível em: http://www.museus.gov.br/wp-content/
uploads/2015/01/Museus_DimensaoEconomica_Ibram2014.pdf
LANNA, Marcos. Nota sobre Marcel Mauss e o ensaio sobre a dádiva. Revista de Sociologia Política. Curitiba, 2000.
Disponível em: http://revistas.ufpr.br/rsp/article/viewFile/3565/2822
SALLES, Maria do Rosário Rolfsen; SALES, Gabriela Arantes Ferreira. O sistema da dádiva nas relações comunitárias
e a constituição de alianças pelo trabalho tradicional. Cultur – Revista de Cultura e Turismo, ano 06, nº 02, jun/2012.

Disponível em: http://www.uesc.br/revistas/culturaeturismo/ano6-edicao2/2.aliancas-comunitarias.pdf

Texto retirado do site: http://www.museus.gov.br/
Baixe a programação completa em http://guiadaprogramacao.museus.gov.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.