TERMINOU A CONFERÊNCIA TERRITORIAL DE CULTURA DO LITORAL SUL


Balé Afro Movimento Cultural Dilazenzi/Foto Ronaldo Silva

Lula Dantas, articulador do FAEGSUL e representante da Associação do Culto Afro Itabunense (Acai), leu uma moção da primeira Conferência Livre de Povos de Terreiro durante a plenária da Conferência Territorial de Cultura do Litoral Sul, realizada no Teatro Municipal de Ilhéus nesta segunda (17). 

Aprovada na plenária, a moção pede que a Secult inclua, entre as propostas prioritárias dos planos de cultura para o próximo ano, a implantação de um calendário de atividades articuladas entre comunidades de matriz afro-brasileira.

Entre os 81 delegados participantes, foram eleitos três representantes da sociedade civil e um do poder público. José Carlos Negão, diretor teatral, por Itajuípe; Wilson Lima, do Movimento Negro Palmares, de Ubaitaba, e Jocélia Kaffer, arte-educadora de Ilhéus.  

Lula Dantas/FAEGSSUL e ACAI

O do poder público é Maurício Corso, presidente da Fundação Cultural de Ilhéus. Para enfatizar as possíveis conquistas do modelo de participação popular, Corso comemorou a implantação de um escritório de representação do Ministério da Cultura em Salvador, para a Bahia. “Foi um projeto nosso, um pedido nosso, que foi atendido”, contou. 

A maioria dos participantes da conferência permaneceram até o fim. ”Achei bem produtivo participar, construir junto as propostas do eixo expressões artísticas”, opinou o ator Cassimiro Antonio Bonfim Dias, de Buerarema, da Fundação Macuco Jequitibá. 

A delegada da sociedade civil eleita na setorial de museus, Maria Helena Tavares, veio para participar do eixo de patrimônio e memória. “Sempre aprendo muito durante as conferências”, diz a professora de educação artística, que atuou como bailarina clássica durante dez anos e é proprietária do Hotel Ilhéus, construído em 1930. 

O ator José Delmo saudou os participantes da Conferência

Conheça as propostas consensuais 

Eixo 1 – Expressões artísticas
Estadual
Bahia Cultural 
Territorial
Festivais regionais
Cursos de capacitação de expressões artísticas do Litoral Sul
Fomentar é preciso 

Eixo 2 – Patrimônio e memória
Estadual
Sistema estadual de patrimônio cultural
Territorial
Educação patrimonial para todos
Mapeamento do patrimônio cultural do território 
Calendário de atividades articuladas entre comunidades de matriz afro-brasileira
Eixo 3 – Pensamento e leitura

Estadual
Formação para agentes de leitura
Territorial 
Caravana da leitura
Festival territorial de poesia
Capacitação para auxiliares de biblioteca
Eixo 4 – Transversalidade da cultura

Estadual
Formação e capacitação em arte e cultura
Territorial 
Caravana cultural territorial 
Eixo 5 – Gestão da cultura

Estadual

Formação de técnicos em projetos culturais
Territorial 
Produção e difusão
Consolidando o sistema
Centro de Cultura do Litoral Sul
Eixo 6 – Redes produtivas e serviços criativos

Estadual
Centro Cultural Profissionalizante
Territorial 
Feira de Arte Itinerante do Litoral Sul 
Centro de referência gastronômica do Litoral Sul 
Carreta cultural   

Fonte: www.culturabahia.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *